terça-feira, 17 de março de 2009

JESUS COMO RELAÇÕES PÙBLICAS



De certo modo, Jesus tornou as coisas difícieis para ele próprio. Os especialistas em relações pùblicas poderiam apontar facilmente cinco erros básicos que ele cometeu.

1- Não procurou os membros da alta sociedade judaica. Esse seria o lugar óbviopor onde começar, já que tinham influência, poder e recursos.

2- Perdeu tempo procurando exatamente o outro extremo, visitando os pobres, os doentes, os coletores de impostos, os pastores e as pessoas de vida não muito recomendável.

3- Não tentou convencer o pessoal a sustentar que ele era o Messias. Ele não fez campanha de venda e nem promessas tentadoras.

4- Alienou as lederanças. Já foi um bocado estranho ele não ter comeado com o primeiro escalão,  e as vezes parecia que ele desviava o caminho justamente para se confrontar com o pessoal mais graúdo.

5- Recusou-se a transigir. Todos os líderes sabem que, por mais elevados que sejam seus ideais, nenhum chega a conseguir tudo o que quer. Eles desistem de algumas das coisas que não são essenciais e em troca, conseguem uma porção de benefícios colterais, apoio político, favores e facilidades.

Jesus não veio fazer parceria com o mundo e sim trazer Salvação.

Um comentário:

Vicente de Paulo disse...

ok estou apenas passando para dar uma olhada nas novidades. Deus abençoe!