sábado, 17 de outubro de 2009

ADORAÇÃO MECANIZADA

ADORAÇÃO MECANIZADA

  • Infelizmente vivemos uma época em que ser adorador espontâneo está tornando raridade em nossos cultos.
  • Estou a tempo notando que os nossos cultos são mais mecânicos do que dirigido pelo Espírito, Vemos verdadeiros ditadores de culto e não adoradores conscientes.
  • Parece até que a igreja é um grupo de robôs, que no momento que alguém pede para levantar as mãos todos a levantam, pedem para dar glória ouve-se aquele coro de vozes todos juntos glorificando e tem aqueles que são mais atrevidos que ainda pedem para que falem em línguas, Será que isso é a verdadeira adoração? É uma maneira de cultuar a Deus de verdade. Não quero que me tenham por frio ou algo semelhante por bondade de Deus cremos fielmente no manifestar da sua glória, porém muitas pessoas se dizem fervorosos, mas nunca mudam de posição.
  • Ser um adorador verdadeiro requer de nós muito Entusiasmo. Sim entusiasmo e o que isso significa?
  • A palavra entusiasmo origina-se de uma palavra grega “ENTHEOS’’, Traduzindo para o nosso português é “DEUS EM”, com isso um crente entusiasmado tem a capacidade de ver Deus Em todas as circunstâncias da vida. Aí sim ele não precisa de voz de comando para adorar ou seja, adora em todas as dificuldades e bonança que lhe está proposto.
  • Oremos para que sejamos adoradores espontâneos e não meros robôs comandados por imposição de homens insensíveis a Deus.

  • Em Cristo, Julio Rolin.
  • Graduando em Teologia.

Um comentário:

Laudicéia Mendes disse...

Uma reflexão necessária!
Que Deus nos livre do superficialismo, que nossos púlpitos não sejam franqueados aos animadores de platéia...
Que sejamos achados "verdadeiros adoradores"!
Deus abençoe sempre,
Laudiceia Mendes