terça-feira, 6 de outubro de 2009

DESCONSTRUINDO O SONHADOR

DESCONSTRUINDO O SONHADOR




Os que visitam este blog buscando nutrição, e não apenas autoprojeção, percebem que me apliquei a pontuar detalhes suprimidos da história de José doEgito.Sobretudo, extrair lições da conduta de José e não dos "SONHOS DE JOSÉ".
Afinal, em nada se consistiria os dois sonhos de José sem a sobreposição dos quatro sonhos dos outros personagens implicados nos desígnios de Deus.(Génesis cap. 40 e 41).
A verdade é esta: José foi introduzido no palácio em função de sonhos que não eram os seus.
O adolescente sonhador é mais evocado em nossos púlpitos, que o adulto produtivo, utilizando seus dons em benefício dos sonhos alheios.
Não é sem causa que algumas criaturas passam a vida só "sonhando" e nunca realizando.
Sonhos sem serviço, é o combustível da frustração.
Sonhos sem contexto é suplemento do auto engano.
Aos dezessete você encontra José sonhando, aos trinta você encontra José trabalhando.
Aos dezessete você o vê contando sonhos, aos trinta você o vê ouvindo sonhos.
Aos dezessete é mal interpretado pelo que sonhou, aos trinta é o que traduz os fatos para quem sonhou.
O contexto denota que se nos ocuparmos apenas de nossos sonhos somos candidatos a lugar nenhum.
Quando servimos aos sonhos dos outros nos qualificamos para o lugar que Deus disse ser nosso.
É hora de calarmos nossos sonhos e fazer alguma coisa pelos sonhos dos outros.

FONTE/ www.laudiceiamendes.blogspot.com

2 comentários:

Laudicéia Mendes disse...

Meu irmão e amigo de carreira,perseguidor do alvo para o qual também prossigo,venho agradecer a generosidade de teu coração em dar-me a oportunidade de me reportar aos corações de teus leitores através dos artigos linkados e postados no teu abençoado blog.
Sei que a colheita é garantida por aquele que conhece os propósitos dos nossos corações.
Num mundo ativista como o nosso, muitos produzem conteúdos artificialmente porque lhes basta acrescentar números ás suas páginas, mas tenho aprendido que a grandeza de nossos feitos não residem no resutado que produzem, mas no galardão que nos aguarda.
Deus abençoe a todos!
Nessa tão sincera empatia,
Laudiceia Mendes

Julio Rolin disse...

Com certeza irmã este tem sido o nosso maior objetivo de alcançar pessoas com mensagens vivas e não com mensagens obsoletas que não trazem luz ao raciocínio do leitor.Que possamos ser um ícone de referência em meio a tanta escabrosidade social.Em Cristo Julio Rolin